José Donoso – O Lugar Sem Limites

Por Caio Lima A discussão de gênero em plenos anos 60 até agora me parecia algo a ser abordado em grandes centros do mundo. É engraçado e estranho como o excesso de informações também pode te direcionar a núcleos e isso acaba criando estereótipos. Há uma espécie de seletividade na nossa própria desconstrução de preconceitos.... Continue lendo →

Ítalo Calvino – O Visconde Partido ao Meio

Por Caio Lima “Cada encontro de duas criaturas no mundo é uma dilaceração.” Eu admiro as pessoas capazes de fazer soar simples qualquer história que contam. É sério, não existe hora ruim pra ouvi-las. Ítalo Calvino é um desses caras. É meio que uma receita de bolo: tá sem paciência, ressaca ou sem ânimo pra... Continue lendo →

Quando Nós Elitizamos a Literatura

Quando conversamos sobre a necessidade da literatura ser algo muito além do entretenimento e da composição de uma vertente da arte, a colocamos como uma porta para novas dimensões. Então, identificamos na literatura um agente de mudança. Fazemos da nobre arte uma manifestação de ideais que nos sobram e uma fonte da qual bebemos tudo... Continue lendo →

Escalada Literária

"Os poetas e os romancistas são aliados preciosos, e o seu testemunho merece a mais alta consideração, porque eles conhecem, entre o céu e a terra, muitas coisas que a nossa sabedoria escolar nem sequer sonha ainda. São, no conhecimento da alma, nossos mestres, que somos homens vulgares, pois bebem de fontes que não se... Continue lendo →

João Ubaldo Ribeiro – Viva o Povo Brasileiro

Por Caio Lima Literatura nacional nunca foi meu forte. É até engraçado, porque eu sempre tive algum contato, principalmente na época pavorosa dos vestibulares. Várias bancas, cada uma com uma lista de livros diferente e lá vai Caio tentar ler aquilo tudo. Claro que eu coloquei os mais curtinhos como prioridade. Quando eu vi o... Continue lendo →

Americanização da Literatura

Por Caio Lima “(...) um público comprometido com a leitura é crítico, rebelde, inquieto, pouco manipulável e não crê em lemas que alguns fazem passar por ideias (...)”. Mario Vargas Llosa A virada do milênio, além de ter possibilitado nossa terna continuidade neste planeta achatado nos polos (já que o mundo não acabou em 2000),... Continue lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑